NOTA DE REPÚDIO CONTRA O AUMENTO DE PEDÁGIO NA BR 163

quarta-feira, 13 de setembro de 2017 às 15h48

O SETLOG-MS vem a público externar sua indignação pela concessão do aumento na tarifa do pedágio na BR 163, trecho em Mato Grosso do Sul, acordado pela ANTT e que passa a vigorar a partir desta quinta-feira (14).

Após paralisar as obras de duplicação em abril deste ano, a CCR MS VIA continuou a cobrar o pedágio e informou no final de agosto que retomará as obras neste mês de setembro.

O anúncio de aumento das nove praças de pedágio em média de 6,86%, valor muito acima da inflação no período, deixa revoltados os motoristas, donos de transportadoras e usuários da via, pois não há argumentos que possam justificá-lo. Pelo contrário, a suspensão ou a diminuição no valor seriam medidas mais justas devido a falta de investimentos por parte da concessionária.

Para cruzar os 848 km que cortam o estado, um caminhão de nove eixos deverá desembolsar o valor de R$ 532,80 (R$ 34,20 a mais), em uma rodovia que conta com apenas 138 km de pista duplicada e sem áreas de descanso para caminhoneiros.

O Setlog-MS já está estudando a possibilidade de ingressar na justiça para impedir este aumento.

SETLOG-MS

Fonte: Setlog/MS

Notícias Relacionadas

Newsletter

Cadastre-se e receba as melhores notícias em seu e-mail:

É rápido. Cadastre-se agora!

Classificados

SETLOG MS | Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS

Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS

Rua General Paulo Xavier,165 | Chácara Cachoeira - CEP: 79040-540
Campo Grande - Mato Grosso do Sul | Fone/Fax: (67) 3342-4144
setlogms@setlogms.org.br

Desenvolvido por: Youzoom