CNI reduz previsão de crescimento do PIB de 2018

sexta-feira, 27 de julho de 2018 às 10h24

A CNI também espera uma taxa média de câmbio maior, De R$ 3,40 dezembro deste ano para R$ 3,80. (Foto: Divulgação)

Em Informe Conjuntural divulgado ontem (26) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou redução de 2,6% para 1,6% a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2018. 

Segundo a entidade, a redução se deve ao “aumento do nível de incerteza dos últimos meses e do ambiente de dúvidas sobre os rumos do país”, principalmente, por causa do cenário eleitoral incerto.

“O aumento do nível de incerteza dos últimos meses reduziu as expectativas de crescimento da economia brasileira. Esse ambiente de dúvidas sobre os rumos do país, em virtude do resultado das eleições gerais, da futura política econômica e dos desdobramentos da recente crise nos transportes de carga rodoviária, levou a CNI a reduzir a expectativa de crescimento do PIB para 1,6% em 2018”, diz trecho do documento divulgado pela entidade representativa do empresariado.

A CNI apontou ainda que o ambiente de incertezas só mudará com a definição do quadro eleitoral e de um programa de ajuste fiscal.

No Informe Conjuntural, a entidade também derrubou a previsão de crescimento do PIB industrial de 3% para 1,8%. Na avaliação da CNI, a paralisação do transporte rodoviário de cargas, no fim de maio, afetou a atividade econômica e alterou a dinâmica de recuperação da indústria.

Emprego

Com menos crescimento econômico, a CNI também prevê uma taxa maior de desemprego para 2018. De acordo com o Informe Conjuntural, a taxa de desemprego deve fechar 2018 em 12,4%. A estimativa anterior, divulgada em abril, previa uma taxa de 11,8% no final deste ano.

O documento também traz as previsões da indústria para outros indicadores econômicos como inflação, câmbio e saldo da balança comercial.

Segundo a CNI, a previsão de inflação para 2018 passou de 3,7%, no documento anterior, para 4,2%.

A entidade também espera uma taxa média de câmbio maior. A previsão passou de R$ 3,40 em dezembro deste ano para R$ 3,80.

O documento também elevou a previsão para o superávit da balança comercial. Com isso, a CNI espera que as exportações superem as importações em US$ 62 bilhões. A previsão anterior era um saldo positivo de US$ 58 bilhões.

Fonte: G1

Notícias Relacionadas

Newsletter

Cadastre-se e receba as melhores notícias em seu e-mail:

É rápido. Cadastre-se agora!

Classificados

SETLOG MS | Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS

Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS

Rua General Paulo Xavier,165 | Chácara Cachoeira - CEP: 79040-540
Campo Grande - Mato Grosso do Sul | Fone/Fax: (67) 3342-4144
setlogms@setlogms.org.br

Desenvolvido por: Youzoom