Caminhoneiros declaram estado de greve e paralisação é marcada para o dia 1º de agosto

quarta-feira, 26 de julho de 2017 às 10h34

Em janeiro, greve dos caminhoneiros reivindicou a baixa do diesel e reajuste no valor do frete. (Foto: Setlog MS)

Lideranças de caminhoneiros autônomos e de empresas de transporte decidiram por fazer uma grande paralisação no dia 1º de agosto, onde os caminhões ficarão estacionados nas  garagens e pátios como forma de protesto pelo aumento dos combustíveis.

Na quinta-feira, 20, o governo anunciou que iria mais que dobrar o PIS/Cofins para gasolina e aumentar o do diesel em 86%, passando de R$ 0,248 para R$ 0,4615 por litro para gerar receitas extras de R$ 10,4 bilhões e evitar que o rombo das contas públicas passe do limite de R$ 139 bilhões.

Após o aumento anunciado pelo presidente Michel Teme, que em seu pronunciamento afirmou que os brasileiros iriam entender, os caminhoneiros descontentes com a medida começaram a unir forças para uma nova greve.

Em janeiro deste ano, um movimento grevista começou em Rondonópolis que se espalhou por Mato Grosso do Sul e em outros estados reivindicando, justamente, a baixa do diesel e o reajuste do valor dos fretes, defasado há cinco anos, além da redução da carga tributária.

O aumento, neste momento, vem ainda agravar a situação do Setor de Transporte Rodoviário de Cargas, que  foi um dos mais impactados pela crise econômica. Segundo dados do IBGE, em 2016 o setor registrou queda de 7% no volume de serviços acumulado no ano.

Fonte: SETLOG MS

Notícias Relacionadas

Newsletter

Cadastre-se e receba as melhores notícias em seu e-mail:

É rápido. Cadastre-se agora!

Classificados

SETLOG MS | Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS

Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS

Rua General Paulo Xavier,165 | Chácara Cachoeira - CEP: 79040-540
Campo Grande - Mato Grosso do Sul | Fone/Fax: (67) 3342-4144
setlogms@setlogms.org.br

Desenvolvido por: Youzoom