Representantes da USP, UEMS e SETLOG/MS discutem implantação da Rede Universitária Bioceânica

segunda-feira, 03 de outubro de 2016 às 21h14

UEMS, USP e Setlog/MS trabalham na implantação da Rede Universitária Bioceânica. (Foto: Divulgação)

Na quinta-feira (29),  o Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas e Logísticas de MS (SETLOG/MS), representado pelo presidente Cláudio Cavol, além de representantes  da  Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) e da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), participaram de uma reunião na UEMS de Campo Grande para discutir as ações da Rede Universitária Bioceânica, composta por Universidades dos quatro países que fazem parte da Rota Bioceânica (Brasil, Paraguai, Argentina e Chile).

Na mesma Reunião foi discutida a grade que será aplicada na futura faculdade de Logística com ênfase no Transporte Internacional.O curso de graduação terá a duração de dois anos e meio e será voltado preferencialmente aos empregados e diretores de transportadoras rodoviárias de cargas.

“É de vital importância investirmos na capacitação de profissionais que estarão ligados diretamente na Rota Bioceânica. Por isso, o SETLOG/MS, tem incentivado as parcerias entre as universidades, a fim de que, em conjunto,  seja construído um curso de graduação e de especialização voltado para a logística, com uma visão macro de todos os processos que envolverão esse corredor, seja na área de transporte, dos trâmites aduaneiros , da economia e da cultura regional de cada país,”, explica Cavol.

A UEMS, como coordenadora dessa Rede, apresentou os projetos pedagógicos de um curso de especialização e um de tecnólogo em logística, que terá como objetivo formar e capacitar profissionais que vão atuar e fomentar a criação e posteriormente a manutenção da Rota Bioceânica.

Já a USP, que desenvolve vários projetos na área de logística, com transportes inteligentes, criará, em conjunto com a UEMS, um laboratório de pesquisa que será voltado para o Corredor.

Segundo Cavol, a parceria e as ações empreendidas para a criação desses cursos estão bem adiantadas e demonstram a importância desse Projeto  para o desenvolvimento econômico de Brasil e dos países envolvidos. Em contrapartida, ele lembra das dificuldades encontradas para a criação de um curso de capacitação voltada para motoristas de caminhão dentro do sistema Sest/Senat. “Há muito tempo pleiteamos esse curso, pois os motoristas que tiram a CNH, na prática, não sabem dirigir um caminhão nas rodovias, quem dirá em estradas internacionais”, afirma.

Para ele, esse curso é de vital importância para otimizar a segurança nas estradas, já que os acidentes envolvendo caminhões sempre são de grande proporções. “Infelizmente,  temos a impressão que o sistema “S” não vê esse tipo de curso como prioridade, pois já tentamos várias vezes, implantá-lo”, finaliza.

Fonte: SETLOG MS

Notícias Relacionadas

Newsletter

Cadastre-se e receba as melhores notícias em seu e-mail:

É rápido. Cadastre-se agora!

Classificados

SETLOG MS | Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS

Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS

Rua General Paulo Xavier,165 | Chácara Cachoeira - CEP: 79040-540
Campo Grande - Mato Grosso do Sul | Fone/Fax: (67) 3342-4144
contato@setlogms.org.br

Desenvolvido por: Youzoom