Um novo corredor bioceânico abre possibilidades de cargas

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017 às 18h23

(Foto: Divulgação)

Depois de 16 anos, foi completada a pavimentação da estratégica Paso Internacional Pehuenche ligando Argentina e Chile.


O Ministério dos Transportes da Nação, através da National Roads Authority, concluiu a pavimentação total da RN145, em Mendoza, conhecido como Paso Pehuenche após a passagem fronteiriça que liga a Argentina com o Chile. O gerente geral da National Roads Authority, Javier Iguacel, o vice-governador de Mendoza, Laura Montero; o prefeito de Malargüe, Jorge Vergara; e o governador da província chilena de Talca, Armando Leppe abriram o terceiro e último trecho de 30 quilómetros.


Atualmente, transitam pelo Pehuenche Paso International cerca de 134.000 veículos por temporada, um número que vai aumentar após a finalização da pavimentação da rota. Além disso, a conclusão deste trabalho contribuirá para desafogar o Cristo Redentor International, a principal passagem de fronteira em Mendoza e um dos mais importantes do país.


"Depois de uma longa espera, Mendoza finalmente, terá um caminho pavimentado para atravessar as montanhas com segurança e em menos tempo. É um longo exemplo de como estamos nos movendo no plano rodoviário mais ambicioso da história na Argentina. A pavimentação de Paso Pehuenche promove o turismo em uma das regiões mais atraentes do nosso país, além de proporcionar uma alternativa segura para atravessar para o Chile ", disse Guillermo Dietrich, o ministro dos Transportes da Argentina.


Eficiente
A pavimentação da RN145 consolida um novo corredor de produção de ligação do Chile, Região VII, com o Mercosul, através dos portos de Bahia Blanca e Rosário. A partir deste trabalho, ambos os lados dos Andes tem estradas totalmente pavimentadas que fazem o comércio mais seguro e eficiente, o turismo e o intercâmbio cultural entre os dois países.


Com 76 quilômetros de comprimento, a RN145, nasceu na pequena cidade de Bardas Blancas, no sul de Malargüe, e entra no Andes para chegar ao Paso Internacional Pehuenche, localizada a 2.533 metros acima do nível do mar. O trabalho começou em 2000 e foi dividido em três etapas. A execução da obra foi marcada por um sentido horário constante e no sentido contrário devido a várias alterações no projeto, dificuldades climáticas e geográficas e falta de orçamento, que estendeu os termos por 16 anos.


A última etapa do trabalho começou em novembro de 2014 e incluiu a pavimentação de 30 km entre o acesso à Cajon Grande e Paso Pehuenche International. Ele foi financiada pelo National Roads Authority com mais de US $ 403 milhões de investimento.


Além da integração entre a Argentina e o Chile, a rodovia é projetada para atravessar em Pehuenche, cerca de 800 caminhões por dia, respondendo por 25% dos veículos de carga que atualmente circulam através da cruz de Cristo Redentor.

 

Fonte: El Cronista

Notícias Relacionadas

Newsletter

Cadastre-se e receba as melhores notícias em seu e-mail:

É rápido. Cadastre-se agora!

Classificados

SETLOG MS | Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS

Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS

Rua General Paulo Xavier,165 | Chácara Cachoeira - CEP: 79040-540
Campo Grande - Mato Grosso do Sul | Fone/Fax: (67) 3342-4144
contato@setlogms.org.br

Desenvolvido por: Youzoom