Transporte terrestre de cargas teve melhor desempenho desde 2013

quinta-feira, 14 de junho de 2018 às 11h30

O transporte rodoviário de cargas tem peso de 9% a 10% nos serviços prestados no Brasil (Foto: Blog do Caminhoneiro)

Antes dos efeitos da greve dos caminhoneiros, os serviços de transporte terrestre no país cresceram 4,4% em abril, perante o mês anterior. É o que constatou a Pesquisa Mensal do Comércio (PMs), divulgada hoje (14) pelo IBGE. Foi o melhor resultado do segmento desde janeiro de 2013 (4,7%).

De acordo com Rodrigo Lobo, gerente da PMS, o transporte terrestre contribuiu positivamente para a recuperação do setor de serviços como um todo nos últimos meses, demandado pelo agronegócio e pela atividade industrial.

"Só vamos perceber [os efeitos da greve] no mês de maio, talvez com efeito retardatário em junho. O segmento que mais vai sentir isso é o de transporte, especialmente o transporte rodoviário de carga", disse Lobo. Esta análise, de fato, vem ocorrendo. 

O transporte rodoviário de cargas tem peso de 9% a 10% nos serviços prestados no País como um todo, o segundo segmento mais relevante entre os 166 serviços acompanhados pelas PMs, atrás apenas do ramo de telecomunicações. 

Fonte: Valor Econômico

Notícias Relacionadas

Newsletter

Cadastre-se e receba as melhores notícias em seu e-mail:

É rápido. Cadastre-se agora!

Classificados

SETLOG MS | Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS

Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS

Rua General Paulo Xavier,165 | Chácara Cachoeira - CEP: 79040-540
Campo Grande - Mato Grosso do Sul | Fone/Fax: (67) 3342-4144
setlogms@setlogms.org.br

Desenvolvido por: Youzoom